Simpósio de Cafeicultura supera expectativas da ACIAM

O 23º Simpósio de Cafeicultura foi retomado com grande sucesso pela Associação Comercial de Manhuaçu (ACIAM). Realizado entre quarta e quinta-feira, no Complexo Boston City, o evento proporcionou um grande movimento em negócios e recebeu mais de três mil pessoas nas palestras e na área de exposição. Ainda sem dimensionar o valor das negociações fechadas durante o evento e comercializações prospectadas, o presidente da ACIAM, Maurélio Carlos, conta que o evento superou a expectativa inicial e foi aprovado pelo público participante.

Foram realizadas doze palestras, painéis e minicursos de capacitações que contaram com centenas de participantes, em atividades que debateram qualidade, diversificação, agroturismo, pragas e doenças, mercado e produtividade do cafeeiro e custos de produção.

A estrutura do simpósio foi totalmente montada para abrigar auditórios, estandes, praça de alimentação e banheiros. Entre os 60 expositores estiveram instituições, prefeituras, empresas, produtores, cooperativas e agricultores familiares.

“O evento foi muito bom. Vimos muitos cafeicultores aproveitando para fazer bons negócios, com muitas opções e reencontrar amigos. Realmente, o primeiro evento depois das restrições da pandemia, foi um sucesso”, comentou o presidente do Sicoob Credilivre, Sebastião de Lourdes Lopes, uma das instituições participantes.

Cafés Especiais

Na feira de cafés especiais, a participação de produtores da região com suas marcas próprias e cafés reconhecidos pela qualidade superior da Região das Matas de Minas foi um destaque.

Além disso, as prefeituras de Luisburgo, Alto Caparaó e Abre Campo completaram o espaço com apoio do Instituto Federal Sudeste de Minas, Emater-MG e Senar/FAEMG.

“O Simpósio é um evento tradicional. Ficou suspenso por causa da pandemia e foi um desafio para todos nós voltarmos a realizar. Posso dizer que se consolidou como o maior evento do setor agro da região das Matas de Minas. Isso mostra o quão forte é o agronegócio da região do Caparaó e quanto ele ainda pode se desenvolver”, comenta o presidente da ACIAM, Maurélio Carlos

Como forma de reconhecer essa trajetória desde 1997, o evento foi marcado com homenagens na abertura a pessoas e instituições que fizeram parte dessa história. “Foi um reconhecimento a tudo que o Simpósio de Cafeicultura representa, afinal ele é o ponto de partida da mudança da qualidade do café da região para os altos padrões de sabor e aroma que temos hoje”, destaca.

Segundo Maurélio, a programação e os expositores se complementaram. “Estamos muito felizes com os resultados que alcançamos. Conseguimos oferecer aos agricultores e agricultoras a oportunidade de conhecer novas tecnologias, participar de cursos de capacitação e atividades relacionadas com a cafeicultura, além, é claro, das muitas opções de negócios”, complementa.

Para realizar o simpósio, a ACIAM contou com patrocínio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – Governo Federal, da CODEMGE – Governo de Minas, ICL, Cooxupé, Cresol, Coocafé, Conect Internet, Prefeitura de Abre Campo, Sicoob Credileste e Prefeitura de Manhuaçu.

“Manhuaçu recebeu com muito orgulho a volta do maior evento do setor agronegócio café da região das Matas de Minas, que tantos benefícios traz para os produtores. Estamos felizes em apoiar essa iniciativa”, comemora a Prefeita Maria Imaculada, que visitou os estandes e participou do evento durante os dois dias.

Mulheres da Cafeicultura

O encontro das mulheres foi um evento incluído na programação há cerca de cinco anos e mais uma vez proporcionou troca de experiências e confraternização entre mulheres que atuam no agronegócio café, contando com a participação de lideranças femininas que têm se destacado na área.

“É uma atividade muito importante para nós. Cada mulher que participou do encontro volta para casa com mais vontade de se aperfeiçoar e empreender. Um evento que mostra a representatividade feminina”, destaca Lívia Grilli, secretária executiva da ACIAM e integrante da organização do simpósio.

Para o presidente da ACIAM, o saldo do evento foi extremamente positivo. “Quero agradecer a todos os participantes, parceiros, patrocinadores, apoiadores e expositores. A união de todos foi fundamental para que pudéssemos ter um evento de alto nível. O Simpósio foi resultado dessa colaboração mútua e quem ganhou foi a nossa região”, concluiu Maurélio Carlos.

Assessoria de Imprensa da ACIAM